11 maio 2016

ALCOOLISMO : UM DOS GRANDES MALES DA SOCIEDADE



O alcoolismo é sem dúvida um dos grandes males de todos os tempos. É definido por muitos como o consumo persistente e excessivo de bebidas alcoólicas chegando a interferir na vida pessoal do indivíduo sobretudo no relacionamento social, familiar e profissional. A bebida alcoólica em excesso pode potencialmente resultar em doenças psicológicas, fisiológicas e naturalmente, a MORTE do doente. Segundo pesquisas, o alcoolismo é um grande problema de SAÚDE PÚBLICA no mundo, logo após o tabagismo, e isso resulta em prejuízo para os países. Diversos fatores pode contribuir para que uma pessoa se torne alcoólatra, por exemplo : pré-disposição genética, saúde emocional, perdas e danos morais e materiais e a morte de familiares. A "cura" do alcoolismo é bastante complexa e vai depender do estado geral do paciente e também do seu desejo de largar a bebida. As pessoas íntimas e queridas serão os grandes aliados na "cura" e restauração do alcoólatra.

Fonte : www.facebook.com/vencendooalcoolismo.com.br 


ALCOOLISMO É DOENÇA, NÃO OPÇÃO !




ALCOOLISMO :
É doença, não opção
Durante muito tempo, o alcoolismo foi considerado uma dificuldade de ordem moral. O dependente era alguém de vontade fraca, a quem faltava determinação ou caráter para abandonar o vício. As pesquisas revelaram, porém, que a dependência apresenta um quadro clínico bem definido e que a pessoa não tem liberdade de optar entre beber ou não quando se torna alcoólatra. A partir daí, o problema passou a ser encarado não mais como uma questão de escolha, mas como condição patológica, sendo incluído na Classificação Internacional das Doenças da OMS.

JOVENS, ENERGÉTICOS E ÁLCOOL !



Jovens que misturam energéticos com álcool são 4 vezes mais propensos a sofrerem de alcoolismo. O estudo foi realizado com mais de 3.000 jovens recrutados de todas as partes dos Estados Unidos.
Fonte : Informalcool

10 DOENÇAS CAUSADAS PELO ALCOOLISMO


Além de ser uma doença, o alcoolismo pode favorecer o aparecimento de várias outras. Aliás, é muito comum que o alcoolista só reconheça que precisa ajuda quando há o diagnóstico de outra (s) patologia (s). Separamos 10 doenças causadas pelo alcoolismo para você conhecer:
1) Cirrose hepática
A cirrose hepática é uma das doenças causadas pelo alcoolismo com maior incidência. Trata-se de uma doença sem cura, caracterizada pela presença de tecido grosso (fibrose) e nódulos no fígado, fazendo com que as funções do órgão sejam comprometidas, como a metabolização de medicamentos.
2) Hepatite alcoólica
Considerada uma doença pré-cirrose, a hepatite alcoólica é uma doença inflamatória e degenerativa do fígado. Ela geralmente se desenvolve em alcoolistas que consomem pelo menos 80 g de álcool etílico ao dia, durante pelo menos cinco anos ou mais. A taxa de mortalidade da doença é estimada em até 13,5% nos casos leves e até 55% nas formas graves da doença.
Todos os alcoolistas podem desenvolver hepatite alcoólica, embora as mulheres sejam as mais suscetíveis. Entre os principais sintomas estão: náuseas, olhos e a pele amarelada, febre, perda do apetite, vômito com sangue e palidez.
3) Câncer
A dependência de álcool faz com que aumentem os riscos de câncer, especialmente no fígado, na laringe, na boca, no esôfago, no pâncreas e na faringe. Algumas hipóteses para que isso ocorra é que o álcool provoque danos em tecidos do corpo, reduza os níveis do ácido fólico e outros nutrientes e tenha efeitos sobre o estrogênio ou outros hormônios.
4) Pancreatite
A pancreatite também está entre as doenças causadas pelo alcoolismo mais comuns. O pâncreas é responsável pela produção de insulina e de enzimas que auxiliam a digestão, bem como é responsável por regular os níveis de açúcar no sangue e participar em outras reações metabólicas importantes para o organismo.
A pancreatite é uma inflamação da glândula do pâncreas, podendo ser classificada como aguda ou crônica. No caso dos alcoolistas, o mais comum é aparecer na forma crônica, quando as enzimas digestivas atacam e destroem o pâncreas e tecidos vizinhos, causando cicatrização e dor.
5) Problemas cardiovasculares
O alcoolismo favorece o aumento da pressão arterial (hipertensão), arritmia cardíaca, insuficiência cardíaca e aumentam as chances de um acidente vascular cerebral (AVC) e morte súbita.
6) Disfunção erétil
O alcoolismo é a principal causa de redução do desejo sexual, ejaculação precoce e disfunção erétil. De acordo com uma pesquisa, 72% dos alcoolistas reclamaram de um ou mais problemas em sua sexualidade. A principal razão para estes problemas é que o álcool tem efeito depressor sobre o sistema nervoso.
Outros problemas causados pela dependência de álcool é a infertilidade, a diminuição ou ausência da menstruação e problemas na qualidade dos espermatozoides.
7) Demência de Korsafoff
A Demência de Wernicke-Korsakoff está dentre as doenças causadas pelo alcoolismo que mais afetam cognitivamente o dependente de álcool. Isso ocorre porque a doença prejudica o Sistema Nervoso Central e periférico, apresentando sintomas como prejuízo em memória e aprendizagem, confusão mental, amnésia parcial anterógrada e retrograda, ataxia (perda da coordenação e equilíbrio dos movimentos musculares voluntários), oftalmoplegia (paralisia ou fraqueza em um ou mais músculos oculares), além de lesões em estruturas cerebrais como o hipotálamo e hipocampo.
8) Imunidade baixa
O alcoolismo pode provocar baixa imunidade, ou seja, as defesas naturais do organismo não conseguirão barrar ‘intrusos’. Com isso, o alcoolista pode ficar mais suscetível a doenças como pneumonia, tuberculose e infecções.
9) Polineuropatia alcoólica
Polineuropatia significa doença (patia) de múltiplos (poli) nervos (neuro), e é uma doença dos nervos que saem da medula, em que os nervos mais longos são afetados de forma simétrica (isto é, os dois lados do mesmo jeito e ao mesmo tempo), e de forma ascendente (ou seja, o problema começa nos pés, e sobe de forma progressiva, ao longo de semanas a meses, podendo afetar as mãos, braços, e mesmo o tórax e abdome).
O abuso de álcool provocado danos aos nervos, podendo se manifestar através de vários sintomas, como dormência e formigamento dos pés e pernas, dor espontânea (sentir dor através de estímulos que normalmente não provocam dor, como vestir uma calça), atrofia muscular e perda de equilíbrio.
10) Anemia
A anemia é uma das doenças causadas pelo alcoolismo mais comuns. Estima-se que 40% a 60% dos alcoolistas apresentam a doença. Uma das explicações para isso é o fato de que o álcool é uma boa fonte de energia, o que faz com que dependente de álcool, por vezes, não faça uma refeição balanceada, favorecendo a carência de nutrientes importantes, como o ácido fólico.
Outros fatores que colaboram para a anemia de um dependente de álcool são as doenças de origem gástrica ou hepáticas, quando há hemorragias, por exemplo.
Se você já descobriu que possui alguma dessas doenças causadas pelo alcoolismo com certeza recebeu como orientação médica para parar de beber. Procure ajuda especializada para conquistar a total abstinência alcoólica.